A Estratégia Saúde da Família como indicador para o enfrentamento da COVID-19 em Santa Catarina, Brasil The Family Health Strategy as an indicator for coping with COVID-19 in Santa Catarina, Brazil

Contenido principal del artículo

Graziela Liebel
Anita Maria da Rocha Fernandes
Alisson Steffens Henrique
Guilherme Pasqual-Fogaça
Yuan Pang Wang

Resumen

Objetivo: analisar relação entre a cobertura pela Estratégia de Saúde da Família e a disponibilidade de respiradores com a taxa de contágio e mortalidade da COVID-19 no Estado de Santa Catarina, Brasil. Materiais e métodos: trata-se de um estudo ecológico, que utiliza modelos computacionais de análise geoespacial sobre o avanço do COVID-19 nos 295 municípios de Santa Catarina. Resultados: o Estado apresentou casos em todos os municípios, e uma taxa de infecção por Covid-19 de 1,63%. No modelo de regressão realizado, a cobertura pela Estratégia de Saúde da Família apresentou correlação com a mortalidade e a taxa de infecção pela Covid-19. A quantidade de respiradores apresentou correlação com a mortalidade. Conclusão: em Santa Catarina a Estratégia de Saúde da Família e a compra de novos respiradores, apresentam-se como aliados no enfrentamento à COVID 19.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Detalles del artículo

Sección
Artículos de COVID 19
Biografía del autor/a

Graziela Liebel, Universidade do Vale do Itajaí

Doutora em Saúde Coletiva. Professora do Programa de Pós graduação em Saúde e Gestão do Trabalho Universidade do Vale do Itajaí, SC, Brasil. 

Anita Maria da Rocha Fernandes, Universidade do Vale do Itajaí

Doutora em Engenharia de Produção. Professora do Programa de Pós graduação em Computação Aplicada Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, Brasil. 

Alisson Steffens Henrique, Universidade do Vale do Itajaí

Mestrando do Programa de Pós graduação em Computação Aplicada Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, Brasil.

Guilherme Pasqual-Fogaça, Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, Brasil. 

Graduando em Medicina - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, Brasil. 

Tatiana Mezadri

Doutora em Ciências de Alimentos. Professora do Programa de Pós graduação em Saúde e Gestão do Trabalho
Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, Brasil. 

Yuan Pang Wang, Instituto de Psiquiatria (LIM-23)

Programa de Pós graduação em Psiquiatria. Instituto de Psiquiatria (LIM-23), Faculdade de Medicina da Universidade
de São Paulo, São Paulo, Brasil.

Citas

Chan JFW, Yuan S, Kok KH, To KKW, Chu H, Yang J, et al. A familial cluster of pneumonia associated with the 2019 novel coronavirus indicating person-to-person transmission: a study of a family cluster. Lancet. 2020; 395(10223):514–523. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(20)30154-9

Organização Mundial Da Saúde (OMS). Pandemia por COVID-19 (OMS/WHO) - 2020. Disponível em: https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019

Ministério da Saúde. Boletim Epidemiológico. Doença pelo Coronavírus 2019. Brasil. Secretaria de Vigilância em Saúde | Ministério da Saúde. 2020. Disponível em: https://www.saude.gov.br/images/pdf/2020/April/18/2020-04-17---BE16- Boletim-do-COE-21h.pdf.

Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Portaria SES nº 244 de 12/04/2020. Florianápolis: Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina; 2020.

Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Portaria SES nº 257 de 21/04/2020. Florianápolis: Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina; 2020.

Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina. Boletim Epidemiológico. http://www.coronavirus.sc.gov.br/wp-content/uploads/2020/10/boletim-epidemiologico-30 -08-2020.pdf acessado em 30 de agosto de 2020.

Pedrosa NL, Albuquerque NLS. Spatial Analysis of COVID-19 cases and intensive care beds in the State of Ceará, Brazil. Cien Saude Colet. 2020; 25(suppl1):2461-2468. https://doi.org/10.1590/1413-81232020256.1.10952020

Liebel G, Sá Junior AR, Marcia E, Campos S, Wang YP, Dias PV, et al. O desafio da equidade: fatores associados aos gastos com a produção ambulatorial na atenção secundária. Jornal Brasileiro de Economia da Saúde. 2018; 10(3): 246-254. DOI: 10.21115/JBES.v10.n3.p246-54

Werneck GL, Carvalho MS. A pandemia de COVID-19 no Brasil: crônica de uma crise sanitária anunciada. Cad Saúde Pública. 2020; 36(5):1-4. https://doi.org/10.1590/0102-311X00068820

Richardson S, Hirsch JS, Narasimhan M, Crawford JM, McGinn T, Davidson KW et al. Presenting Characteristics, Comorbidities, and Outcomes Among 5700 Patients Hospitalized With COVID-19 in the New York City Area. JAMA. 2020. 323(2):2052-2059. DOI: 10.1001/jama.2020.6775

Zhou Y, Liang Y, Tong H, Liu Z. Patterns of posttraumatic stress disorder and posttraumatic growth among women after an earthquake: a latent profile analysis. Asian J Psychiatr. 2020; 51:101834. DOI: 10.1016/j.ajp.2019.10.014

Noronha K, Guedes GR, Turra CM, Andrade MV, Botega L, Nogueira D et al. Nota Técnica Análise de demanda e oferta de leitos hospitalares gerais, UTI e equipamentos de ventilação assistida no Brasil em função da pandemia do COVID-19: impactos microrregionais ponderados pelos diferenciais de estrutura etária, perfil etário de infecção e risco etário de internação.. Belo Horizonte: CEDEPLAR/UFMG; 2020.

Rache B, Rocha, R, Nunes, L, Spinola, P, Malik, A M, Massuda, A.. Necessidades de Infraestrutura do SUS em Preparo ao COVID-19: Leitos de UTI, Respiradores e Ocupação Hospitalar. Nota Técnica n.3. São Paulo: IEPS; 2020.

Victor G. COVID-19 admissions calculators: General population and paediatric cohort. Early Hum Dev. 2020; 145:1-2. DOI: 10.1016/j.earlhumdev.2020.105043

Ministério da Saúde (MS). Departamento de Informática do SUS (DATASUS), Brasil. 2020. Acessado em 12 de maio de 2020. Disponível em: http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=02

Secretarias de Saúde estaduais. COVID 19. Boletins informativos e casos do coronavírus por município por dia. Brasil.io.2020. Acessado em 01 de abril de 2020. Disponível em https://brasil.io/dataset/covid19/caso_full/

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Estimativas de População. Estatísticas Sociais, Rio de Janeiro, 2017. Acessado em 12 de maio de 2020. Disponível em:https://www.ibge.gov.br/estatisticas-novoportal/sociais/populacao/9103-estimativas-de-populacao.html

. Portaria no 2.848, de 21 de outubro de 2011. (Diário Oficial da União. Brasil. 24 de outubro de 2011).

Coelho FC, Lana RM, Cruz OG, Codeco CT, Villela D, Bastos LS, et al. Assessing the potential impact of COVID-19 in Brazil: mobility, morbidity and the burden on the health care system. Yale: medRχiv; 2020. DOI: 10.1101/2020.03.19.20039131

Macinko J, Harris MJ. Brazil's Family Health Strategy — Delivering Community-Based Primary Care in a Universal Health System. N Engl J Med. 2015; 372(23): 2177 – 2181. DOI: 10.1056/NEJMp1501140