O registro das memórias sobre a chegada das águas da Represa de Furnas à luz da interface entre as técnicas do documentário e da história oral: um relato de experiência

Autores/as

  • Flaviane Faria Carvalho Professora Adjunta Instituto de Ciências Humanas e Letras da Universida de Federal de Alfenas.

Resumen

Este artigo é um relato de experiência, na linha de pesquisa-criação, que tem como ob- jetivo apresentar as contribuições resultantes da abordagem teórico-metodológica entre as técnicas do Documentário e da História Oral, com o objetivo de registrar e preservar a me- mória vinculada aos impactos da construção da barragem de Furnas na região sul de Minas Gerais, Brasil. Os critérios e procedimentos adotados foram expostos a partir da investigação do assunto, da seleção das fontes, da preparação do pré-roteiro das entrevistas, da captura audiovisual das falas, da montagem, da edição das informações coletadas e filmadas, e a pro- dução do documentário. Por fim, foram organizados eventos para oferecer um retorno aos pro- tagonistas cujos relatos respaldaram o estudo; e foi criado um canal com a função de arquivo digital de histórias audiovisuais sobre os impactos da construção da barragem de Furnas, para sensibilizar a comunidade local sobre a valorização de seu patrimônio histórico e cultural. Os resultados mostraram o drama dessas comunidades, que sentiram a perda territorial como a perda da própria identidade cultural, dada a relação de pertencimento que estabelecemos com os espaços em que interagimos, onde também abrigamos nossas memórias afetivas e as vivências que nos definem como sujeitos.

Publicado

2020-05-04

Cómo citar

Faria Carvalho, F. . (2020). O registro das memórias sobre a chegada das águas da Represa de Furnas à luz da interface entre as técnicas do documentário e da história oral: um relato de experiência. Escribanía, 18(1), 27-41. Recuperado a partir de http://revistasum.umanizales.edu.co/ojs/index.php/escribania/article/view/3787

Número

Sección

Forjadores